102

Entendendo a diferença entre Hipnoterapeuta, Psiquiatra e Psicólogo

É normal que confundam os papéis entre hipnoterapeuta, psiquiatra e psicólogo, pois atuam na área que trata do ser humano. Mas me alguns casos estes profissionais podem ser complementares um do outro, ou seja, atuam juntos no tratamento de um paciente.
 

De uma forma mais resumida, podemos entender o psiquiatra como o “médico do corpo e do cérebro”, o psicólogo como o “médico da alma e da psique” e o hipnoterapeuta como o “facilitador” de ambos os processos por ser capaz de acessar diretamente o inconsciente de um paciente.

Diferenças entre as três áreas:

Psiquiatra



O profissional dessa área é especialista em identificar, diagnosticar e tratar com medicamentos as patologias mentais. Quando surgiram, no século 18, costumavam trabalhar apenas em hospícios, e esse é o motivo por qual muitas pessoas ainda nos dias de hoje acreditam que o psiquiatra trata de pessoas loucas.

Psicólogo



O psicólogo estuda os processos mentais, emoções, sentimentos, pensamentos e razão do comportamento humano. E pode escolher se especializar em uma abordagem específica como Terapia Cognitiva Comportamental ou Psicanálise. A técnica psicoterápica acontece através de conversas, ela busca identificar causas que levaram o paciente ao adoecimento mental ou ao comportamento disfuncional.

Hipnoterapeuta



Sem mesmo ter uma formação, o hipnoterapeuta pode exercer a sua função, embora psicólogos e psiquiatras também possam trabalhar com hipnoterapia. Sua ferramenta de trabalho nada mais é do que a hipnose, que auxilia o profissional a acessar o subconsciente e a trabalhar bem ali. E também como na psicologia, há diversas abordagens e linhas de terapia que utilizam a hipnose.

Gostou e quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com o Instituto Arkeos