102

A hipnose na terapia

A hipnoterapia está sempre mostrando o quão é eficiente no tratamento contra problemas psicológicos, como distúrbios e fobias. Também pode ajudar pacientes com problemas físicos, incluindo dor e algumas doenças gastrointestinais.

 

Muitos médicos e psicólogos observam isso com seus próprios olhos por décadas, e agora muitos deles dizem que os estudos de imagem cerebral estão auxiliando a finalmente provar seu ponto de vista.

 

Muitas pessoas que praticam a hipnoterapia em ambientes clínicos argumentam sobre o momento que o paciente hipnotizado entra em um estado alterado de consciência. Mesmo que você nunca tenha praticado hipnose antes, é muito provável que já tenha experimentado esse estado.

 

“É como ficar tão envolvido em um bom filme que você esqueceu que você está assistindo um filme e você entra no mundo imaginado”, disse o Dr. David Spiegel, um psiquiatra e o diretor médico do Centro de Medicina Integrativa da Universidade de Stanford.

Pessoalmente, isso parece estranho. “Há muitas maneiras de entrar neste estado, mas uma maneira é contar até três”, explica Spiegel:

“Em um, você faz uma coisa – olhe para cima. Dois, duas coisas – feche lentamente os olhos e respire fundo. E três, três coisas – expire, mantenha seus olhos relaxados e mantenha-os fechados. Deixe seu corpo flutuar. E, em seguida, deixe uma mão ou outra flutuar no ar como um balão.